Vernizes

Tipos de verniz para madeira

Se você adquiriu móveis ou usou lindas madeiras na reforma da sua casa, vale a pena protegê-las e conservá-las, não é mesmo? É exatamente para isso que serve o verniz. Este tipo de produto é essencial para garantir que a madeira permaneça resistente e bonita com o passar dos anos. 

Os diferentes tipos de vernizprotegem a madeira contra ações do tempo e de umidade. Entretanto, escolher o produto ideal é essencial. O mercado oferece tantas opções que muitas pessoas acabam ficando confusas na hora de escolherem aquele que é o ideal para a sua necessidade. 

Se você se encontra nessa situação, não se preocupe: criamos este conteúdo especialmente para te auxiliar. Para isso, vamos falar um pouco sobre os tipos de vernizes e, principalmente, sobre aqueles que possuem pigmentos em sua composição os vernizes com cores. 

Continue a leitura e aproveite! 

O que devo saber antes de escolher um tipo de verniz? 

Antes de escolher um tipo de verniz para proteger sua madeira, é importante se perguntar se você quer alterar a cor da peça. Afinal, o uso de vernizcom cor (os produtos pigmentados) deixa a madeira com um aspecto menos natural, escondendo seus veios e nuances típicos da matéria-prima. 

IMAGEM OK 

Em situações como esta, é mais indicado usar um tipo de verniztransparente ou natural. Dessa forma, além de proteger e embelezar a madeira, você estará valorizando os traços naturais da peça, deixando-a com mais identidade e nobreza. 

Escolha do verniz 

Se mesmo após fazer essa avaliação, você optar por mudar a cor da madeira, seja em um forro, deck, móvel ou até mesmo piso, é importante estar atento a alguns detalhes. O primeiro passo é definir a cor desejada. Existem grandes marcas de produtos para madeira, como a Sayerlack, com excelentes opções de vernizes já tingidos em diferentes cores. 

Depois de definir qual cor de verniz usar, é importante entender que o pigmento funciona de forma diferente em cada espécie. Por isso, suponhamos que você tem duas réguas de madeira, uma de garapa e outra de ipê. Daí você decide envernizar as duas com um produto tingido na cor canela, por exemplo. Como o verniz com cor não esconde a madeira natural 100%, o resultado final das duas réguas será totalmente diferente. 

Entretanto, é importante lembrar que o verniz com cor não é tinta, ou seja, não cobre totalmente a superfície onde está sendo aplicado. 

Outra informação relevante é que as madeiras mais claras são mais fáceis de serem tingidas com vernizes pigmentados, se comparadas às mais escuras. 

Enfim, de forma resumida, podemos concluir que os vernizes com cor não valorizam o aspecto natural da madeira, já que cada peça é realmente única, com seus veios e nuances. Os vernizes com cor também tendem a deixar as réguas mais parecidas entre si, com uma cor mais homogênea. 

Este tipo de verniz pode ser uma boa opção para quem deseja economizar. Afinal, as madeiras mais claras tendem a ter um preço mais acessível. Dessa forma, tingi-las com vernizes para deixá-las parecidas com madeiras nobres, como mogno, ipê e cedro é uma opção. 

Agora que você já sabe um pouco mais sobre vernizes para madeira, fica aqui a última dica: teste o produto! Faça em uma pequena amostra a aplicação do verniz que pretende usar antes de aplicar em toda a madeira. Assim, você evita surpresas desagradáveis, pois não há nada pior que envernizar um deck, um piso, ou painel, por exemplo, e depois não gostar do resultado final. 

 

Tem mais dúvidas sobre madeira? 

A Macal tem uma equipe completa de especialistas disposta a ajudar no seu projeto!